Perdiz, caça e as minhas empadas!

A perdiz, conhecida como perdiz-vermelha ou perdiz-comum, cujo nome cientifico é Alectoris rufa, é uma ave cinegética da família Phasianidae (faisões), da ordem Galliformes, ou galináceos. É uma ave gregária que vive em grupos.

F63_Dibujo_01

É uma espécie muito caçada, principalmente na Península Ibérica e é muito comum e bem distribuída no Alentejo. A perdiz é muito cobiçada por caçadores, e frequentemente objecto de programas de gestão cinegética. Na parte norte da região Alentejana pode ser vista com facilidade nas zonas de Alpalhão, na barragem da Póvoa e na serra de São Mamede e por vezes em Marvão. No Baixo Alentejo é particularmente comum nas zonas de Castro Verde e Mértola.

Aliás, nas estradas que circundam Mértola é bem provável que se atravesse um bando delas à frente do seu carro! Não é em vão que Mértola é a Capital Nacional da Caça.

E por isso, as minhas empadas de perdiz nasceram em Mértola, porque há muitas perdizes, porque o sabor condiz com as cores da paisagem, porque estas minhas empadas cheiram a caça e ao sabor desta terra…

P1210235 P1210238 P1210244 P1210247 P1210250 P1210252

Se passarem por Mértola não deixem de visitar ou pernoitar no confortável Hotel Museu!

 

 

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *