Sopa de Lentilhas Vermelhas… uma Canja Vegetal!

As lentilhas vermelhas são leguminosas, de cor mais alaranjada do que vermelha. Esta variedade de lentilhas coze mais rapidamente do que as verdes e são igualmente ricas em nutrientes e proteínas, trazendo benefícios para a saúde, como podem ver no meu artigo Lentilhas Vermelhas em www.martasimoes.net.

O meu amigo Fernando Colaço, nas suas “veganices”, ensinou-me a fazer uma sopa de lentilhas vermelhas, que confiram vocês mesmos, fica com um sabor e até uma cor bem parecida com a de uma canja! Chamo-lhe canja vegetariana! As lentilhas, cuja cor é alaranjada, ao serem cozidas, perdem o tom, ficando com uma cor bege e desfazem-se, pelo que, por vezes, até se pode dispensar o uso da varinha mágica.

Fiz várias vezes esta sopa, até chegar à que eu julgo ser perfeita, quer em consistência, quer em sabor. É uma receita fácil, rápida e barata!

Deixo-vos a receita…

  • 250g de lentilhas vermelhas
  • 1 cebola grande
  • 30g de azeite
  • 2 Litros de água
  • 1 punhado de arroz (cerca de 40g)
  • Sal q.b.
  • 8 a 10 Folhas de hortelã

 

Num tacho, colocar as lentilhas, a cebola cortada, o azeite e o sal. Juntar os 2l de água e levar a ferver durante cerca de 25 minutos.

1 2 3

 

Quando as lentilhas estiverem desfeitas, passar com a varinha mágica, apenas para ficar um creme mais aveludado.

4 5 6

Juntar o arroz e deixar ao lume até que coza. Por fim, retirar do lume, juntar folhas de hortelã picadas e rectificar o sal, se necessário.

IMG_3114

Uma vez que estamos a juntar uma leguminosa (lentilha) com um cereal (arroz) estamos a fazer uma receita, que apesar da sua origem 100% vegetal, se torna numa proteína completa e super saudável!

Bom apetite!

 

 

 

 

Pastéis de Sojalhau!

Para os vegans ou vegetarianos, para os omnívoros saudáveis ou não saudáveis, trago-vos hoje uma receita de pastéis de soja, uma imitação dos pastéis de bacalhau, mas sem um único ingrediente de origem animal, o que faz destes uns belos pastéis vegans/ vegetarianos, sem um pingo de colesterol!

Os pastéis de SOJALHAU foram gentilmente e sabiamente baptizados pelo meu amigo Pardelhão, que se tornou vegan e me apresentou este mundo há cerca de 2 anos atrás. Eu já conhecia a filosofia, mas provar, cozinhar e experimentar de forma intensiva foi mesmo com o meu amigalhão…e gostei! Não me tornei vegan ou vegetariana mas vários pratos fazem parte da minha alimentação com frequência!

Para aprenderem mais sobre estas duas filosofias, visitem o meu mais recente artigo na minha página de dietética e nutrição em martasimoes.net .

Vamos lá então ao pastéis de sojalhau, que são feitos no forno. A consistência dada com a ajuda da batata e da linhaça fica óptima mas infelizmente desfazem-se quando são colocados em óleo quente…e ainda bem porque no forno ficam ainda mais saudáveis e evitamos o consumo de fritos, reduzindo assim as calorias! Vejam só a minha desgraça que afinal se tornou graça…

P1200373 P1200377

 

 

 

 

Vamos lá então aos ingredientes:

  • 200g de soja fina
  • Água q.b.
  • 300g de batatas
  • 1 cebola
  • 2 c. sopa de linhaça moída
  • 1 ramo de salsa
  • sal q.b. 
  • Azeite q.b.
  • Pimenta preta q.b.

Colocar a soja fina submersa em água e esperar cerca de 1 hora para que hidrate e amoleça. Depois, escorrer e espremer a água em excesso e colocar a soja numa taça.

P1200350 P1200352

Cozer as batatas e após a cozedura, esmaga-las bem com um garfo. Entretanto, picar muito bem uma cebola grande e colocar a refogar em azeite.

P1200353 P1200355

Misturar bem a soja com a batata esmagada e juntar 2 colheres de sopa de linhaça moída. Eu juntei linhaça amarela.

P1200356

Juntar esta massa ao refogado e em lume brando, envolver bem. Cozinhar durante cerca de 20 minutos, juntando um ramo de salsa bem picadinha, pimenta preta de moinho e sal.

P1200358 P1200360

Com a ajuda de duas colheres de sopa (passadas por azeite), fazer os pasteis com a forma semelhante aos pasteis de bacalhau e levar ao forno a 200ºC durante mais ou menos 30 minutos.

P1200365 P1200366 P1200367

P1200370

Convém voltar os pasteis de vez em quando para que fiquem tostados de forma uniforme. Quando estiverem tostadinhos é hora de retirar do forno, deixar arrefecer e comer! São bons quentes ou frios!

P1200375

P1200380

Bom apetite!

Salada quente de Quinoa com bacon

A quinoa é o alimento da moda! Está na moda e ainda bem! Esta semente tem “superpoderes” para o nosso organismo, de tão bem que faz! É rica em aminoácidos essenciais, que só podemos encontrar na carne, peixe, ovos, leite ou soja. É rica em vitaminas A, B6, B1, E e C, é rica em minerais como o cálcio, ferro, cobre, magnésio e zinco, e ainda nos oferece quantidades consideráveis dos ácidos gordos ómega 3 e 6. Para um conhecimento mais aprofundado acerca da quinoa visitem o meu mais recente artigo, Quinoa, a Perfeita, em martasimoes.net.

E toca a criar pratos com quinoa! Valeu a pena…esta primeira experiência ficou óptima! Experimentem!

Ingredientes:

Para cozer a quinoa…

  • 200g de quinoa (crua)
  • 0,8 L de água
  • Azeite q.b.
  • Sal grosso q.b.

Restantes ingredientes…

  • 150g de bacon fatiado
  • 2 batatas doces ao cubinhos
  • 300g de cogumelos frescos laminados
  • 2 dentes de alho
  • c. de café rasa de pimenta cayene 
  • cebolinho q.b.
  • Azeite q.b.

Primeiro, colocar a quinoa ao lume com a água, o azeite e o sal, e deixar cozinhar em lume brando. Quando levantar fervura, deixar ferver durante cerca de 15 a 20 minutos. Retirar do lume. Se ainda tiver água, escorrer bem.

P1200313

P1200317 P1200316 P1200315

Entretanto, lavar bem os cogumelos e as batatas doces com casca. cortar o bacon às tirinhas. Laminar os cogumelos e cortar as batatas aos cubinhos. Colocar as batatas a cozer. Numa frigideira, colocar um pouco de azeite, juntar o bacon e passados 5 minutos, os cogumelos (parecem muitos, mas vão ficar reduzidos a metade!).

P1200318 P1200319 P1200320

Os cogumelos vão deitar muita água, por isso, retirar a frigideira do lume, escorrer com cuidado o excesso e voltar a colocar ao lume, regando com mais um fio de azeite. Juntar os cubos de batata já cozidos e escorridos. Deixar alourar a mistura, mexendo de vez em quando. Juntar a pimenta cayene (cuidado que é muito picante! só mesmo a colher rasa de café!).

P1200321

 

Juntar a quinoa cozida à mistura e mexer bem mas delicadamente. Picar um alho e juntar, misturando bem. Retirar do lume.

P1200323 P1200324

Polvilhar com cebolinho picado e servir! Acompanhei o prato com rúcula regada com vinagre balsâmico e ficou maravilhoso!

P1200325

P1200329 P1200332

Bom apetite!

Tortilha de Quinoa

A quinoa é uma semente cheia de tudo o que é bom para a saúde. É um alimento inca à milhares de anos, que chegou recentemente à nossa alimentação. Para uma informação mais aprofundada acerca da quinoa, visitem o meu mais recente artigo, Quinoa, a Perfeita, em martasimoes.net.

Inicialmente pensei em fazer hambúrgueres de quinoa, depois passou-me pela cabeça fazer pataniscas…e depois, por influência da minha querida Carmen e as suas fabulosas tortilhas valencianas de batata, lembrei-me que poderia criar uma coisa nova e totalmente diferente!

Assim nasceu a Tortilha de Quinoa! Quem provou, repetiu e adorou!

Ingredientes:

  • 1 cenoura grande ralada
  • 1 cebola média finamente picada
  • 1 batata doce ralada
  • 3 ovos
  • 200 a 250g de quinoa já cozida
  • coentros picados q.b.
  • sal q.b.
  • azeite q.b.
  • cebolinho picado q.b.

Para cozer a quinoa, coloquem cerca de 250g de quinoa crua, 0,8 L de água, azeite e sal grosso q.b., deixem cozer entre 15 a 20 minutos, escorram o excesso de água e já está! A quantidade vai quase triplicar…utilizem a quantidade indicada na receita e a restante podem utilizar para fazer outra receita. Podem guardar no frigorífico e utilizar no dia seguinte. )

Ralar a cenoura, a batata doce e a cebola. Misturar tudo. Adicionar sal q.b e os ovos bem batidos. Misturar tudo muito bem. Juntar os coentros bem picadinhos e voltar a mexer…
P1200340

P1200341 P1200342 P1200343

Numa frigideira média, adicionar um fio de azeite, deixar aquecer um pouco e colocar a mistura, espalhando-a até ocupar o fundo todo.

P1200345 P1200346

Deixar cozinhar durante uns 15 a 20 minutos de um lado. Depois, com a ajuda de um prato, voltar a tortilha e deixar cozinhar o outro lado durante o mesmo tempo.

P1200347

P1200349

Retirar do lume, transferir para um prato e deitar cebolinho picado por cima…

É tão fácil! Espero que gostem! Podem comê-la como refeição principal ou entrada! Fica boa quente ou fria!

Bom apetite!

IMG_0242

IMG_0243

Cenouras e Feijão Verde com Pimenta Cítrica

Hoje trago-vos uma receita super simples! Serve de acompanhamento em qualquer prato! Esta receita nasceu num dia em que só havia mesmo cenouras e feijão verde no frigo, e no armário, a pimenta cítrica chinesa que o meu amigo Fernando Colaço me enviou da China! Vai daí nasce este pitéu cheio de sabor e cor!

Deixem-me dizer-vos que a pimenta cítrica foi uma agradável surpresa! Não pica como a “nossa” pimenta, ela deixa a boca dormente (se em grandes quantidades, claro!)… Sabem aquela sensação de formigueiro, quando a anestesia do dentista começa a passar? É mais ou menos parecido! … mas o mais importante é que tem um agradável travo a limão, que dá sabor e perfuma a comida!

IMG_5838

Se não arranjarem esta pimenta (que no Martim Moniz devem encontrar) podem sempre usar uma pitada de pimenta caiena! Fica igualmente agradável!

Vão precisar de…

  • 4 cenouras
  • 1/2 de feijão verde
  • 1 c. sopa de margarina
  • 2 c. sopa de azeite
  • 1 c. sopa de pimenta cítrica (ou 1 c. chá de pimenta caiena)
  • Sal q.b.

Podem sempre alterar as quantidades e meter mais ou menos pimenta….

IMG_5836

Primeiro, descascar as cenouras e retirar os fios ao feijão verde. Depois, cortar aos bocadinhos e levar ao lume até levantar fervura e deixar estar a cozer durante mais ou menos 5 minutos. Retirar do lume, para que não fique cozido demais, uma vez que os legumes ficam bons al dente!

IMG_5839

Numa frigideira colocar a margarina e o azeite e deixar aquecer um pouco, colocando de seguida os legumes já escorridos. Entretanto, com a ajuda de uma colher, esmagar a pimenta e acrescentar aos legumes, salteando até envolver bem (uns 5 minutos, mais coisa menos coisa!)

IMG_5845

IMG_5847

IMG_5848

IMG_5851

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estas cenouras com feijão verde serviram para acompanhar um rolo de carne delicioso que a minha mãe fez! E…já está! Eu não disse que era simples? 🙂 Bon apetit!

Pepino e Queijo Creme: sandes fresquinha de verão!

Agora que está a chegar o calor, aqui fica a sugestão para uma sandes fresquinha, saudável e agradável! Uma sandes de “paio verde” 🙂

Eu usei pão de forma integral, mas podem utilizar o pão que mais gostarem!

Sandes de Pepino e Queijo Creme…182 Kcal

  • 30g x 2 de pão de forma integral – 148 Kcal
  • 30g de pepino em fatias muito fininhas – 5,1 Kcal
  • 15g de Queijo Philadelphia light – 28,4 Kcal
  • Pitada de 5 pimentas de moinho

…e palavras para quê? 🙂

IMG_1660 IMG_1661 IMG_1662IMG_1665IMG_1666