Marmelada de Nêsperas, Laranja & Gengibre

Tenho uma nespereira no meu quintal. Pequenina mas carregada. E daí a oportunidade para fazer uma bela compota! Lá fui eu, apanhar as nêsperas sem químicos, super biológicas!

IMG_2021

IMG_2023

 

Arregacei as mangas e vamos lá! O mais trabalhoso nestas gourmartices que metem nêsperas é descascar! P1190134Descascar 3 kg não é agradável… 🙂

E no fim, afinal, a esta compota chamei-lhe marmelada por causa da consistência que lhe consegui dar… uma compota não fica tão densa!…esta ficou densa mas suave…e então nasceu a Marmelada de Nêsperas com Laranja & Gengibre! Adoro o contraste de sabores, o travo a laranja e o toque exótico do gengibre!

Deixo-vos a receita…se acham que dá muito trabalho, peçam-me! Faço por encomenda! 🙂

Ingredientes:

  • 3 kg de Nêsperas (rendeu cerca de 1,4 kg descascadas)
  • 800 g de açúcar branco
  • 300 g de açúcar mascavado
  • 20 g de gengibre ralado
  • 1/2 laranja (sumo e raspas)
  • 25 g de pectina natural

Colocar as nêsperas com os açucares, o gengibre e a raspa e sumo de laranja em lume brando. Deixar cozinhar durante 1h30. Mexer sempre. Retirar do lume. Não se assustem por parecer muito aguado…vai engrossar com a fervura e a pectina. Triturar com uma varinha mágica, tudo muito bem triturado e voltar a pôr ao lume (médio). Adicionar a pectina, ferver durante mais 15 minutos e retirar do lume. Vejam como fiz nas imagens seguintes…

P1190140 P1190141 P1190145 P1190158

Esterilizar os frascos de vidro e as tampas e colocar o doce. Eu enchi frascos com 350g e 250g. De seguida, para que criem vácuo, bem fechados, metem-se de cabeça para baixo. Ao fim de umas 5 ou 6 horas voltei a coloca-los direitos e já está!

E está uma delicia!

P1190179 P1190169

 

 

Beatriz, a divina Chocolateira!

Um dia, ao folhear o jornal Público, eu e o Luís, o meu namorado, encontrámos este artigo acerca de uma tal “Casinha dos Chocolates”, no Alentejo, em Odemira. Pouco tempo depois, numa viagem para a Zambujeira, decidimos parar em Odemira e procurar a tal “Casinha dos Chocolates”…

Quando chegámos, eu não queria acreditar! Estava a vislumbrar uma casinha das histórias de encantar, daquelas que vivem no nosso imaginário de criança, lá bem no cimo do monte, pequena e acolhedora, mágica e encantadora!

…É a Beatriz dos Chocolates, ou melhor, são os Chocolates de Beatriz! A Beatriz é natural da Argentina, mais precisamente da Patagónia. A colonização da região da Patagónia teve imigrantes do norte da Europa, principalmente alemães, suíços, ingleses, escoceses mas foram as colónias suíças que deixaram a semente da tradição chocolateira plantada. A Beatriz veio para Portugal nos anos 90 e trouxe com ela essa sabedoria. Decidiu parar por Odemira em 2001 e abrir este delicioso espaço! Não é fácil impor este negócio dos chocolates… mas acredito no sucesso da Beatriz, afinal falo de uma verdadeira chocolateira, de coração e alma… 

IMG_1163Subimos. Antes de entrarmos, uma varanda simpática, com umas mesas e umas cadeiras, que convidam a desfrutar da vista e tranquilidade do local. Sente-se o ar puro, mira-se o rio mira, a ponte, o verde do campo…

IMG_2121 IMG_2119

Entrámos. O espaço interior, faz jus ao encanto exterior, uma ternura! Uma fábrica de chocolates! Chocolates! Chocolates artesanais! Respira-se chocolate!

A fábrica e também loja, é uma montra, onde a “cozinha” aberta nos permite ver o que está para além do produto final. Tudo é perfeito, profissional, arrumado, limpo.

IMG_2123 IMG_2124

Nas nossas passagens por Odemira, as paragens tornaram-se obrigatórias. E hoje, como dita a regra, parámos, já se estava a pôr o sol…comprámos quadradinhos de chocolate com flor de sal, com gengibre, com pimenta rosa, com menta, com avelã, com framboesa… todos saboreados de olhos fechados, todos saboreados com a devida atenção que merecem! Vejam aqui o que podem encontrar por lá!

IMG_2122

A Beatriz vende na loja e também por encomenda!

IMG_1165

E porque a Gourmarta gosta de dar a conhecer tudo o que vale a pena, não deixem de visitar este espaço, calmo e “quente”, tão diferente do que estamos habituados!

Obrigada Beatriz!

 

Deixo-vos tudo o que precisam para lá chegar…
http://www.chocolatesdebeatriz.com/
Chocolates de Beatriz
Rua do Cemitério
7630 ODEMIRA
Coordenadas GPS: Long. 37º59″48 ; Lat. 8º64″38
Horário: Terça Feira a Sábado: 10h às 13h – 15h às 19h

 

Bolo Genoise com Creme de Morangos e Suspiros

Este bolo foi uma invenção para presentear o amigo João! Bolo de anos, meio escangalhado meio chique! E como já cheira a verão e já se sente calor, apetece um bolo fresquinho! Ora tira uma ideia daqui, tira outra dali e o resultado foi um bolo com massa genoise, creme de morangos e chantilly e suspiros como cobertura!

O juízo final que o dite quem o provou! 🙂

É um bolo que dá muito trabalho, feito em várias fases, mas no fim, vale a pena!

As 3 fases são: bolo genoise, creme de morangos e chantilly e suspiros.

Ingredientes e preparação:

Bolo Genoise:

  • 6 ovos
  • 200g de farinha
  • 200g de açúcar
  • 60g de margarina
  • 30g de leite

Molho para humedecer o bolo:

  • 100ml de leite
  • 1 c. sopa cheia de leite condensado

Bater energicamente os ovos inteiros com o açúcar durante cerca de 10 minutos, até que a mistura fique espumosa e de um amarelo claro. Levar a margarina e o leite ao microondas para amolecer. Juntar estes dois ingredientes e bater. Por ultimo, adicionar a farinha e bater bem. Forrar a forma do bolo com papel vegetal e levar o bolo ao forno a 180º C durante 20 minutos.

Retirar o bolo do forno e deixar arrefecer completamente. Apenas na montagem final se humedece o bolo com o molho, como explico mais à frente.

IMG_1824 IMG_1825

Creme de morangos e chantilly:

Chantilly 

  • 2 pacotes de natas para bater (bem frescas)
  • 4 c. sopa de açúcar branco

Bater as natas com o açúcar, com a batedeira na velocidade máxima, de forma vigorosa, até que fique bem firme. Colocar no frigorífico.

Creme de morangos:

  • 500 ml de Leite magro
  • 1/2 lata de Leite condensado
  • 3 c. sopa de maisena
  • 1 gema de ovo
  • 200g de Morangos cortados em fatias muito finas

Misturar o leite com o leite condensado e a maisena (…e se necessário, bater com a varinha mágica inicialmente, para não ficar com grumos). Levar a lume médio mexendo sempre. Quando começar a levantar fervura e a engrossar, retirar um pouco da mistura para uma tigela e misturar delicadamente com a gema, para que esta não coza. De seguida, juntar outra vez ao tacho. Deixar ferver até engrossar bem, mexendo sempre, durante cerca de 20 minutos. Retirar do lume e deixar arrefecer completamente. Colocar no frigorífico.

Quando chegar a hora da montagem do bolo, misturar numa taça grande, o chantilly, o creme e os morangos previamente fatiados finamente.

IMG_1828 IMG_1826

IMG_1831

Suspiros:

  • 3 claras de ovo
  • 1 pitada de sal
  • 50g de açúcar em pó
  • 200g de açúcar branco
  • 2 a 3 gotas de essência de baunilha

Bater as claras em castelo com a pitada de sal. Quando estiverem bem firmes, adicionar os açucares aos poucos e a essência de baunilha, batendo sempre. Forrar a forma do bolo com papel vegetal e dispor o preparado com uma seringa ou saco de pasteleiro. Levar ao forno, a 150ºC, durante mais ou menos 40 minutos. O tabuleiro deve ficar o mais baixo possível dentro do forno para que os suspiros assem sem queimarem nem murcharem!

IMG_1835 IMG_1838 IMG_1883

Montagem final:

Cortar o bolo em duas ou três camadas. Furar cada camada com um palito e com a ajuda de uma colher de sopa, molhar com a mistura de leite e leite condensado.

Intercalar o bolo com o creme de morangos e chantilly: primeiro uma camada de bolo, depois uma de creme, depois outra de bolo, outra de creme, e por fim, uma de bolo e outra de creme. Com a ajuda de uma faca, retirar o excesso de creme dos lados e alisar o máximo possivel. A ultima camada é de suspiros, por inteiro ou individuais, de forma a cobrirem todo o bolo.

Eu ainda fui à minha horta e apanhei umas folhas de menta, que coloquei em cima do bolo, juntamente com fatias de morangos.

Colocar no frigorífico durante pelo menos 4 a 5 horas, pois este pecado da gula sabe melhor bem fresco!

Bom apetite!

IMG_1884 IMG_1886 IMG_1890

 IMG_1898 IMG_1887

Pepino e Queijo Creme: sandes fresquinha de verão!

Agora que está a chegar o calor, aqui fica a sugestão para uma sandes fresquinha, saudável e agradável! Uma sandes de “paio verde” 🙂

Eu usei pão de forma integral, mas podem utilizar o pão que mais gostarem!

Sandes de Pepino e Queijo Creme…182 Kcal

  • 30g x 2 de pão de forma integral – 148 Kcal
  • 30g de pepino em fatias muito fininhas – 5,1 Kcal
  • 15g de Queijo Philadelphia light – 28,4 Kcal
  • Pitada de 5 pimentas de moinho

…e palavras para quê? 🙂

IMG_1660 IMG_1661 IMG_1662IMG_1665IMG_1666

Tarte de Maçã com Caramelo de Leite

Ontem, com tantas maçãs na fruteira, apeteceu-me inventar! E assim nasceu uma tarte de maçã diferente das tartes tradicionais…fiz três massas diferentes e uma calda de caramelo de leite que é qualquer coisa!

Deixo-vos a receita! Dá trabalho…mas no fim, vale a pena! Fica divina!

Ingredientes:

Base:

  • 160g de Farinha
  • 70g Margarina
  • 100g de Açúcar
  • 1 ovo

Massa do meio:

  • 100g Farinha
  • 100g Açúcar
  • 100g Leite Magro
  • 2 Gemas
  • Raspas de 2 maçãs

Cobertura:

  • 30g de Farinha
  • 70g de Margarina
  • 50g de Açúcar
  • 4 Maçãs cortadas em gomos finos

Caramelo de leite:

  • 100g de Água
  • 200g de Açúcar
  • 50g Margarina
  • 100g de Leite

Para fazer a base, utilizar a margarina à temperatura ambiente. Amassar todos os ingredientes com a ponta dos dedos até que fique uma mistura homogénea. Fica um pouco peganhenta! Espalhar a mistura na base da tarteira e levar ao forno a 180ºC durante cerca de 15 minutos.

P1180648 P1180651 P1180652 P1180653

Entretanto, misturar todos os ingredientes da massa do meio com a batedeira. Quando a base estiver dourada, retirar do forno e espalma-la com a ajuda de uma espátula. Verter a massa do meio por cima da base e levar ao forno durante mais 15 minutos.

P1180654 P1180656 P1180658

Cortar 4 maçãs em gomos finos e reservar. Misturar os ingredientes da cobertura. Retirar a tarteira do forno, picar com um garfo e espalmar novamente com a espátula. Espalhar os gomos de maçã por cima das duas massas já cozidas e espalmadas, e de seguida, regar com a cobertura. Levar novamente ao forno, durante mais 15 minutos.

P1180659

Entretanto, fazer o molho de caramelo! Levar ao lume a água com o açúcar. Mexendo sempre, deixar ferver em lume médio até que comece a engrossar e a mudar de cor. Quando começar a ficar com de mel, acastanhado, baixar o lume e «juntar a margarina, mexendo até que esta derreta e fique bem misturada. Sem retirar do lume, juntar o leite e mexer sempre. Deixar cerca de 5 minutos a ferver em lume baixo.

IMG_0944 IMG_0945 IMG_0949

E enquanto se fez o caramelo, já a nossa tarte está pronta a sair do quentinho! Retirar do forno e deixar arrefecer.

IMG_0964

P1180661

Podemos optar por deitar algum caramelo por cima quando a tarte ainda está morna ou então guarda-lo para regar cada fatia quando for hora de servir!

Bon apetit!

 

Tarte de Queijo e Morangos Light!

Adoro, como já sabem, um bom cheesecake…ou um belo cheesequeque! Adoro o sabor suave do queijo com o doce ácido de frutos vermelhos… mas queria algo que pudesse comer sem ficar com tanto peso na consciência!

Ora, em busca de doces maravilhosos, não pecaminosos…inventei a tarte de queijo e morangos! Inventar uma receita doce que não tenha tantas calorias não é fácil…esta tarte que inventei consegue ter menos calorias e também tem menos gordura! Mas atenção, não é como beber um copo de água ou trincar uma maçã! Vai engordar se for comida em excesso, claro!

Cálculos feitos, e divindindo a tarte em 8 fatias, ficamos com 160kcal e 5,83g de gordura por cada fatia de sensivelmente 114g!

Ingredientes:

Para a base:

  • 200g de queijo filadélfia light
  • 2 iogurtes naturais de 125g cada um
  • 100g de farinha
  • 2 gemas
  • 15g de adoçante em pó (pingo doce)
  • papel vegetal e margarina para forrar a tarteira

Para a cobertura:

  • 250g de morangos
  • 50g de açucar branco
  • 30g de leite (2 c. de sopa)

Misturar todos os ingredientes da base com a batedeira até ficar um creme com bolhinhas…

P1180487

Untar uma tarteira com um pouco de margarina e “colar” o papel vegetal. Colocar a mistura na tarteira e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 30 minutos. No final da cozedura a tarte vai ficar com aspecto de “nave espacial” porque normalente enche de ar. Quando for retirada fura-se com um garfo.

P1180490

P1180501 P1180502

 Entretanto, enquanto a base está no forno, levar o açúcar a lume (médio) até começar a liquidificar para caramelo. Juntar as 30g de leite. Mexer bem e de seguida juntar os morangos. Deixar estar 10 minutos em lume brando e retirar.

P1180498

Deitar a cobertura por cima da base e e quando arrefecer, levar ao frio!

P1180515 P1180523

Ao ataque!

 

O meu Bo…lo tem Mel!

Hoje a Gourmarta chegou aos 600 gostos no Facebook! Vai daí, vamos lá fazer um bolo para comemorar! BOLO DE MEL! De entusiasmada que estava, nem reparei que, para estas quantidades da minha receita, a forma que tinha era demasiado pequena…e pumba! Quando foi ao forno e começou a crescer, toca a sair bolo por todos os lados!

…no fim, tudo correu bem! O bolo, como sempre, ficou uma delicia!

Aqui fica o meu bolo de mel! Se experimentarem, utilizem uma forma maior que a minha, que tinha apenas 25 cm de diâmetro!

Ingredientes:

  • 280g de farinha
  • 250g de açúcar amarelo
  • 6 ovos
  • 200 ml de azeite
  • 250g de mel
  • 1 c. de chá de fermento
  • 1 c. de sopa pouco cheia de canela
  • Açúcar em pó para polvilhar
  • 1 pitada de sal
  • margarina para untar

Separar as gemas das claras. Bater as claras em castelo com uma pitada de sal. Juntar as gemas, o açúcar amarelo, o azeite, o mel, o fermento e a canela e bater com a batedeira até fazer bolhinhas.

P1180451 P1180452

 

De seguida, juntar a farinha e bater bem. Esta mistura vai ficar um pouco densa. Juntar as claras em castelo com a ajuda de uma colher de pau, e envolver sem bater até misturar tudo muito bem.

P1180457

P1180459

Untar uma forma com margarina e farinha, e levar a massa ao forno, pré-aquecido a 160ºC durante cerca de uma hora.

P1180461 P1180462 P1180463

UUUPPPSSSS!

IMG_0784

P1180472

Ahhhh! De cabeça para baixo nem se nota! Para um lanche, com um copo de leite fresco ou um chá…:)

Pescada com Nozes e Arroz Padron

Este prato foi inventado com o que havia disponível no frigorífico! E ainda bem! Porque vou repeti-lo vezes sem conta! A conjugação de todos estes sabores é divina! A noz com a maciez da pescada, o sabor do arroz basmati com o amargo, às vezes picante, dos pimentos padron…

É um prato saudável, sem duvida!… claro que para quem quer emagrecer, terá que controlar as quantidades de arroz e não abusar do molhinho…mas definitivamente esta delicia pode ser comida sem culpa! 🙂

Relembro da necessidade de ingerimos peixe, mais vezes do que carne!

Eu utilizei quantidades para mais ou menos 2 a 3 pessoas…se quiserem cozinhar para mais gente, dobrem os ingredientes!

Experimentem!

  • 4 lombinhos de pescada congelados
  • 6 nozes
  • 2 Cebolas médias
  • 1 molhinho de coentros
  • 1 copo de arroz basmati
  • 1 cabeça pequena de brócolos
  • 6 pimentos padron
  • 1 pedaço de alho francês
  • 1 rodela de gengibre
  • Azeite
  • Manteiga
  • Sal

Refogar a cebola picada até ficar translucida. Acrescentar os lombinhos temperados com sal grosso e as nozes picadas. Polvilhar com coentros picados e deixar cozinhar em lume médio até que a pescada fique douradinha dos dois lados.

P1180415

P1180420

P1180422

Entretanto levar um tacho com água e sal ao lume até levantar fervura. Quando ferver, colocar o arroz e deixar a cozer durante mais ou menos 8 minutos. Deverá ficar soltinho e não muito cozido.

P1180416

P1180421

Reservar o arroz. Colocar uma fatia fina de margarina numa frigideira grande e deixar derreter. Adicionar os pimentos padron cortados às rodelas, os brócolos, a outra cebola, o gengibre e o alho francês previamente cortados em pedaços pequenos.

P1180423

P1180418P1180417P1180424

 Saltear durante cerca de 10 minutos e juntar o arroz. Deixar ao lume, misturando e mexendo sempre, durante mais 5 minutos.

Servir o arroz com a pescada e as nozes e…bom apetite!

P1180431 P1180429

 

Cheesequeque de Morangos!

Um dos meus doces favoritos é o cheesecake de morango…há tempos que andava para criar um bolo, meio queque, meio cheesecake. Hoje foi o dia! Criei um queque, com 3 consistência distintas: uma parte fofa, uma parte cremosa e uma crosta crocante!

Mãos à obra e lá nasceram, diferentes e meio escangalhados, que não são nem uma coisa nem outra…aliás, são CHEESEQUEQUES!

A receita parece uma complicação, mas só parece! Aqui vai…

Ingredientes:

Massa fofa

  • 250g de Farinha
  • 150g de Açúcar
  • 1 ovo
  • 50g de óleo
  • 150g de leite
  • 1 c. de chá de essência de baunilha
  • 2 c. de chá de fermento

Molho de morango

  • 50g de morangos
  • 50g de molho toping de morango

Massa cremosa

  • 250g de queijo mascarpone
  • 50g de açucar em pó
  • 1 c. de chá de baunilha

Massa crocante

  • 25g de farinha
  • 50g de açucar
  • 75g de margarina

Para a massa fofa misturam-se bem os ingredientes todos, batem-se com a batedeira e reserva-se. Ainda com a batedeira, batem-se noutra taça os ingredientes da massa cremosa e reserva-se. Para a massa crocante, leva-se a margarina ao microondas para amolecer e mexendo com uma colher de pau adiciona-se a farinha e o açúcar até ficar uniforme. Quanto ao molho de morango: colocar os morangos picados numa taça e leva-los ao microondas para que fiquem quentes e moles. Depois coloca-los num passador com rede fina e espremer para que deitem a água fora. De seguida adicionar o toping de morango e misturar. Reservar estes quatro preparados.

IMG_0661

 

IMG_0663

 Forrar formas metálicas com formas de papel e colocar primeiramente 1 colher de sopa de massa fofa, meia colher de sopa de massa cremosa, 1 colher de chá de molho de morango e uma colher de chá de massa crocante. Encher as todas as formas por esta ordem. Se sobrar massa fofa, colocar mais uma camada para finalizar.

IMG_0671 IMG_0673

Levar ao forno durante mais ou menos 35 minutos, a 180ºC.

E ficam assim os meus cheesequeques… não lhe olhem ao aspecto!

IMG_0692 IMG_0706

Brócolos Chineses!

Chocolate ou brócolos chineses? Baba de camelo ou brócolos chineses? Pizza ou brócolos chineses?

BRÓCOLOS CHINESES!!!

Esta é uma das minhas comidas favoritas! Tão fácil de fazer, tão saborosa, tão saudável (fechemos os olhos à parte da gordura)! Os brócolos não são os únicos protagonistas, mas são os principais! A eles juntam-se os alhos, o gengibre, o alho francês (parte verde escura das folhas), a cebola em gomos…

Podem fazê-los como acompanhamento ou como entrada. E vão ficar deliciados!

P1180342

Ingredientes:

  • 2 “cabeças” de Brócolos
  • Folhas verdes de um alho francês
  • 1 Cebola
  • 6 dentes de Alho
  • 1 noz de Gengibre
  • Óleo de amendoim
  • Margarina
  • Molho de soja

Partir os legumes como se vê na primeira fotografia: brócolos em pedaços pequenos, folhas verde escuras do alho francês em tiras largas e cebola em gomos não muito finos.

Picar os alhos e o pedaço de gengibre e colocar na frigideira com um pouco de óleo de amendoim e uma fatia fina de margarina. Levar a lume médio até começar a borbulhar sem deixar queimar o alho (1 minuto e pouco e já está!)! Se tal acontecer, paciência…comecem de novo!

P1180359 P1180361

Colocar os legumes na frigideira ou wok, mexendo para saltear bem. Passados 2 minutos, adicionar cerca de 4 a 5 colheres de sopa de molho de soja e continuar a mexer mais 3 minutos. Apagar o lume. Estes legumes têm que ficar “crocantes” e por isso mal cozinhados. Se ficarem moles ou muito cozidos, chumbam no exame! Desde que os colocam no wok são 5 minutos e basta!

P1180362 P1180364

 

Esta receita não leva sal porque o molho de soja já tem o suficiente. A propósito, o melhor molho de soja e o que eu uso é o kikkoman.

Estou viciada!

P1180375

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rolinhos de Bacon, Mozarella e Tomilho fresco

Olá olá! Deixo-vos aqui uma receita facilima e rápida para uma entrada que é uma delicia! Tinha uma massa quebrada esquecida no frigorifico, um resto de bacon fatiado e um pacote aberto de mozarella! E assim nasceram os Rolinhos de Bacon com Mozarella e Tomilho fresco!

P1180317

Ingredientes:

  • Massa quebrada
  • 6 fatias de bacon finas
  • Mozarella ralada
  • Pimenta preta de moinho
  • Tomilho fresco
  • Azeite

Corta-se a massa quebrada em pequenos rectângulos. Cortam-se as fatias de bacon ao meio. Em cada pedaço de massa coloca-se uma meia fatia de bacon, um pouco de mozarella e as folhas de tomilho fresco, e enrola-se com jeitinho para que a mozarella não saia pelos lados!

P1180320

 

De seguida, polvilha-se com pimenta preta de moinho e rega-se com uns fios de azeite. Leva-se ao forno até ficarem douradinhos!

P1180323

E voilá! Fácil, rápido, bonito e bom!

P1180327

 

 

Caril de Tofu fumado e Cogumelos

Para os vegetarianos e vegans, ou para aqueles que querem fugir à carne e ao peixe, aqui fica uma receita, com sabor exótico e textura suave, sem qualquer tipo de alimento de origem animal, e por isso, 0% de colesterol, 0% de lactose, 100% vegetal!

Ingredientes:

  • 1 c. sopa cheia de caril indiano
  • 400ml de leite de coco
  • 4 tomates maduros frescos
  • 10 cogumelos frescos
  • 2 cebolas médias
  • 250g tofu fumado
  • 25g de azeite
  • sal q.b.
  • folhas da planta de caril q.b.

P1180259

P1180269Picar a cebola finamente, e refogar no azeite, até que amoleça e ganhe um pouco de cor. Cortar o tofu em cubinhos e juntar ao refogado. Deixar ao lume durante uns 5 minutos e de seguida juntar o tomate cortado e os cogumelos laminados. Juntar o sal, juntar algumas folhas de caril bem lavadas e deixar apurar durante mais 5 minutos.

P1180263 P1180266 P1180268

À parte, colocar um tacho com água e sal, e quando levantar fervura, adicionar um copo de arroz basmati. Deixar cozer até que o arroz esteja “al dente”. Escorrer a água. O arroz deve ficar solto e não muito cozido.

Entretanto, numa taça, misturar o leite de coco com o caril, sem que fique com grumos. Juntar esta mistura no tacho e mexer bem. Tapar o tacho e deixar em lume brando mais ou menos durante 25 minutos, mexendo de vez em quando para não pegar ao fundo. Provar para ajustar o sal.

P1180274 P1180277 P1180278

Servir o caril com o arroz e comer comer comer!

P1180290

Bom apetite!